• Viajar é ter a oportunidade de fazer uma imersão em diversas culturas. Quando exploramos locais diferentes, temos a oportunidade de vivenciar experiências, aguçando todos os sentidos. Cada país tem aromas e sabores próprios, e nada melhor do que um roteiro de turismo gastronômico para conhecer bem um lugar.

    Saborear uma autêntica comida local é uma excelente maneira de se integrar ao lugar que está conhecendo, e uma viagem gastronômica pela Europa oferece inúmeras possibilidades. A variedade de sabores pelo continente é grande, e por lá estão localizados alguns dos melhores restaurantes do mundo.

    O artigo de hoje vai levar você aos melhores destinos de turismo gastronômico. Veja 5 lugares para conhecer na Europa e provar da melhor gastronomia do Velho Mundo. Confira, a seguir, os melhores destinos para mergulhar em uma viagem gastronômica.

    1. Barcelona (Espanha)

    Uma das cidades mais badaladas do mundo, Barcelona tem como uma de suas atrações a gastronomia. A cidade foi por muito tempo passagem de diferentes povos e isso reflete na cozinha típica, que varia de carne de porco a frutos do mar e muitas outras opções com legumes.

    Os famosos terraços da cidade oferecem os deliciosos tapas, pequenas porções de aperitivos diversos. Entre os favoritos estão:

    • patatas bravas — batatas cortadas cobertas com molho picante;
    • pan amb tomaquet — pão torrado, tomate bem picado por cima e regado com azeite de oliva;
    • jamón ibérico — presunto curado produzido do porco de pata negra ou porco de raça alentejana;
    • pimientos da padrón — um pimentão pequeno de sabor levemente picante, salteado na frigideira com azeite e sal;
    • chocos — uma espécie de lula cortada em tiras e passada na farinha e fritas;
    • bomba — um bolo de carne coberto de molho picante;
    • tortilla — uma espécie de omelete com batatas.

    Além dos tapas, muito comuns no verão de Barcelona, o gaspachos, uma sopa fria de tomate, é muito indicado como entrada. Há, também, uma versão mais cremosa que leva pão na receita e que ganha o nome de salmorejo.

    2. Lisboa (Portugal)

    O grande símbolo da culinária portuguesa são os peixes. É impensável fazer uma viagem ao país sem comer o famoso bacalhau feito em Portugal. Outra iguaria marítima que é típica são as sardinhas assadas na brasa.

    Um prato considerado pelos moradores como o mais tradicional é o cozido à portuguesa. A receita leva partes do porco, frango e do boi, chouriço, feijão, batata, cenoura, nabo e couve. É uma refeição de sabor intenso e, normalmente, servida no almoço.

    Para as noites frias, a boa pedida é o caldo verde. Trata-se de uma sopa feita com couve-galega cortada em tiras finas, purê de batata e rodelas de chouriço. É um prato facilmente encontrado na cidade.

    Os doces portugueses são apreciados no mundo todo. Aqui no Brasil, encontramos em vários locais o pastel de Belém. Mas você sabia que na verdade ele se chama pastel de nata? Acontece que há uma tradicional fábrica em Lisboa, no bairro Belém, que faz  o doce desde 1837.

    Outra delícia que você precisa experimentar é a queijada. Ela é feita de queijo, ovos, leite e açúcar, podendo ser recheada com laranja, amêndoas, ovos ou requeijão. É uma iguaria típica do país. Em Lisboa, é um prato obrigatório para quem pratica turismo gastronômico.

    3. Londres (Inglaterra)

    Assim como a cultura e outros hábitos, a culinária britânica é marcada pela influência de vários povos. Toda essa diversidade é sentida nos hábitos alimentares dos ingleses.

    Um ponto forte é a refeição para começar o dia. O desjejum é bastante caprichado para fornecer energia para todas as tarefas da rotina. Conhecido como full english breakfast, é composto por bacon, ovos, salsicha, cogumelos, tomate e feijões cozidos com molho de tomate adocicado.

    Alguns dos pratos ingleses mais simbólicos são as jacket potatoes, batatas recheadas e assadas no forno com queijo derretido, as empadas de carne e os bifes de fiambre com ananás. Para dizer que fez uma viagem gastronômica por Londres, você precisa provar esses pratos.

    E como falar da gastronomia londrina sem citar o famoso chá das 17h? Ele é servido em uma chaleira de porcelana e acompanha açúcar e leite. Junto, são oferecidos sanduíches diversos, bolo inglês com creme scone e outros bolos salgados.

    4. Florença (Itália)

    Com influência espanhola, árabe e de outros povos, a culinária italiana é uma das mais admiradas do mundo todo. Um ponto forte são as massas. Ninguém pode ir à Itália sem comer pizza, lasanha, tortelini e risoto.

    Mas cada região da Itália tem sua própria gastronomia, e Florença é um dos melhores locais do país para se comer carne. Veja alguns pratos típicos da cidade:

    • pappardelle al cinghiale —  é uma massa longa, larga e achatada, servida com carne de javali;
    • bistecca alla fiorentina — corte alto com osso de carne bovina de raça chianina, típica da região. É cozido na brasa e servido mal passado;
    • peposo —  cozido de músculo com tomate, cenoura e pimenta.

    5. Paris (França)

    A gastronomia francesa é reconhecida mundialmente pelo seu requinte e criatividade com os ingredientes. Além disso, delícias francesas como baguettes, croissants, macarons e diferentes tipos de queijos são encontrados em toda a cidade.

    Em Paris, você pode se deliciar com pratos como o coq au vin (galo com cogumelos cozido em vinho), o croque monsieur (queijo derretido) e a quiche lorraine (feita de queijo e fiambre).

    No campo das sobremesas, Paris, também, oferece opções deliciosas. Em sua viagem gastronômica, experimente os crepes suzette (com laranja e licor), o  crème brûlée (feito com ovos, creme de leite, baunilha e coberto por uma  crosta de açúcar queimado por um maçarico) e a mousse de chocolate.

    A França, também, é berço da cuisine nouvelle, que surgiu na década de 1970. Em contraste com a cozinha clássica, é caracterizada pela delicadeza e pequenas porções com ênfase na apresentação. Por isso, você poderá ser surpreendido algumas vezes em sua viagem gastronômica.

    A culinária da Europa é de encher os olhos e proporcionar ao paladar experiências únicas. Cada local tem suas peculiaridades, mas em comum o capricho na preparação dos pratos. Ficou animado para iniciar seu turismo gastronômico? Compartilhe em suas redes sociais e combine com amigos para marcar o próximo destino!

    Quanto esse conteúdo te ajudou?

    Clique em uma estrela para avaliá-lo!

    Classificação média / 5. Contagem de votos:

    Deixe seus dados e logo um corretor entrará em contato

    Deseja receber novidades da Gerencial?

    Deixe seus dados e logo um corretor entrará em contato

    Deseja receber novidades da Gerencial?