• A arquitetura traz marcas históricas e reúne traços culturais de um período. Ela acompanhou o desenvolvimento da sociedade e surgiu da necessidade de organizar e deixar espaços urbanos bonitos e agradáveis. Para quem está sempre em busca de inspiração arquitetônica é inevitável falar da arquitetura europeia.

    Viajar pela Europa é mergulhar na história. As peculiaridades das edificações influenciam ainda hoje as construções de prédios e casas. No Brasil, arquitetos buscam inspirações e fazem projetos com influências europeias.

    Está construindo ou reformando a sua casa ou apartamento? Neste artigo, você vai ver como se inspirar em características e estilos do Velho Mundo. Vamos mostrar seis lugares para se apaixonar pela arquitetura europeia e tirar ideias para deixar sua casa exuberante. Confira a seguir!

    Lugares incríveis para você se inspirar

    É importante observar alguns lugares para ter ideias para decorar o seu imóvel. Veja abaixo alguns locais incríveis na Europa para quem é fã de arquitetura.

    1. Grand Palace, na Bélgica

    É uma das mais notáveis praças da Europa e faz parte de um conjunto arquitetônico do século XVII. São 110 m de comprimento e quase 70 m de largura rodeados por prédios magníficos.

    As edificações iniciais foram construídas em madeira, mas tiveram que ser reconstruídas várias vezes após passarem por bombardeios. Isso transformou a praça em uma mistura de estilos maravilhosos. Nos prédios podem ser identificadas construções com influência da arquitetura gótica, neoclássica e barroca.

    2. Palácio de Versalhes, na França

    Foi a principal residência real francesa desde Luís XIV até a Revolução Francesa. O Palácio de Versalhes é uma mostra da história da arquitetura francesa entre os século XVII e XVIII.

    A fachada original, construída de tijolo vermelho com pedras, ainda é preservada. O projeto tem a forma de U e envolve o pátio de mármore branco e preto. No centro, colunas de mármore vermelho sustentam uma sacada de ferro dourado.

    O Salão dos Espelhos é a sala mais famosa do castelo. Hoje, é um terraço na cobertura com vista para os jardins. A galeria tem cerca de 70 metros de comprimentos contendo 17 espelhos que refletem as janelas opostas de frente para os jardins.

    Com inspiração no barroco das vilas italianas, a frente do jardim e as alas são encerradas em pedra de cantaria branca. É um monumento com muitos detalhes e intervenção de diversos artistas. Cada um dos pontos do Castelo inspira estilos de arquitetura e decoração que podem servir de inspiração em outros projetos.

    3. Casas geminadas, na Grécia

    A cultura grega se desenvolveu há cerca quatro mil anos e sempre se deu em busca da perfeição. Por isso, nas casas geminadas gregas há padrão de simetria e harmonia como características marcantes nas construções.

    Essas casas gregas, em sua maioria, foram construídas com pedras vulcânicas escuras. As cores azuis e brancas, vindas de tinta e cal, são fundamentais para quem busca inspiração nesta arquitetura.

    O uso de flores nas varandas e janelas também é uma inspiração grega. Muito comuns na Grécia, as buganvílias dão um toque especial em qualquer ambiente. As flores também ajudam a quebrar a combinação azul e branco.

    4. Ruas de Assis, na Itália

    Sendo um charmoso vilarejo medieval, Assis se destaca pela beleza de suas ruas e por ser terra natal de São Francisco e Santa Clara. Tem grande patrimônio artístico, arqueológico e histórico.

    A Basílica de São Francisco de Assis, construída no século XIII, é uma obra-prima da arquitetura e guarda tesouros da arte sacra italiana. Já a basílica de Santa Clara é em estilo gótico, construída em pedra rosa.

    5. Museu do Louvre, na França

    Além de contar com o prédio histórico, o Louvre abriga a imponente pirâmide de vidro e aço. A ousadia de unir o moderno e o clássico torna o local um dos ícones da arquitetura europeia. A mistura de estilos é marcante e surpreendente.

    O Louvre abriga um legado de cultura mundial e é um primor da arquitetura. Isso se dá por conseguir harmonizar traços de diversos séculos na construção. O edifício é uma evolução da arquitetura com a justaposição de estilos contrastantes.

    6. Azulejos de Porto, em Portugal

    Porto é uma cidade de espetaculares construções antigas. Arte romana, gótica, barroca ou contemporânea se reúnem em edificações e monumentos. Os prédios com azulejos nas fachadas são famosos em todo o mundo. A peça decorativa veio durante a invasão e o que hoje chamamos de azulejos portugueses eram chamados de azulejos mouro-hispânicos.

    O azulejo é um revestimento arquitetônico decorativo que tem inúmeros desenhos com temas orgânicos ou geométricos. No Brasil, a azulejaria ganhou força em revestimentos de cozinhas e banheiros.

    Inspiração na arquitetura europeia

    A arquitetura brasileira teve forte influência europeia. Por causa da colonização, algumas características foram incluídas em nossas construções. Como o Brasil tem uma história de diversidade cultural, isso também aparece em nossas edificações. Veja alguns exemplos para usar no seu imóvel.

    Telhados inclinados

    Marca da arquitetura europeia, a grande inclinação do telhado deixa a construção muito charmosa. Podem chegar até perto do solo, como é o caso dos chalés suíços. Além do efeito estético, esse formato serve para facilitar o escoamento da água.

    Os telhados inclinados vistos por dentro da construção servem como elemento decorativo. Para dar ainda mais estilo podem ser instaladas janelas fixas ou pivotantes no teto ou criar estruturas que se projetam do telhado como um balcão.

    Telhas shingle

    As telhas shingle são uma influência europeia. Compostas por madeira ou placas de pedra, são retangulares e ficam enfileiradas. São resistentes às variações climáticas e não necessitam de manutenção.

    Podem ser encontradas em tonalidades diferentes para combinar com diferentes estilos. São leves e não necessitam de uma estrutura pesada de madeira. Por isso, o espaço interno pode ser melhor aproveitado.

    Revestimento em pedras

    As pedras eram o principal material de construção há muitos séculos. Estão presentes em diversas construções da arquitetura europeia e existem vários tipos que podem ser usados para revestir pisos e paredes.

    Ficam bonitas tanto na parte interna quanto externa. Além de deixarem o ambiente elegante, ainda fazem um isolamento térmico. Por isso, é um elemento ideal para casas em locais com clima frio.

    Viu como a arquitetura europeia pode ser facilmente inserida na construção ou reforma de sua casa? Com certeza, esses exemplos deram uma luz para seu projeto. E que tal já ir pensando em como vai decorar o espaço? Veja aqui dicas para mobiliar que vão ajudar muito.

    Quanto esse conteúdo te ajudou?

    Clique em uma estrela para avaliá-lo!

    Classificação média / 5. Contagem de votos:

    Nenhuma avaliação até agora! Seja o primeiro a avaliar este conteúdo.

    Deixe seus dados e logo um corretor entrará em contato

    Deseja receber novidades da Gerencial?

    Deixe seus dados e logo um corretor entrará em contato

    Deseja receber novidades da Gerencial?

    Atendimento por WhatsAppLigue agora: (65) 3615-2525Atendimento por EmailAtendimento Online