• Uma vez tomada a decisão sobre vender um imóvel, é natural que os proprietários queiram concluir a venda o mais rápido possível para dar espaço aos seus novos planos.

    Porém, é preciso lembrar que os interessados não vão bater à porta com uma proposta de compra da noite para o dia. Afinal, eles também precisam de um tempo adequado para tomar essa importante decisão.

    Segundo um levantamento da Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias, em 2017 o tempo médio para a venda de um imóvel no país chegou a um ano e quatro meses. A boa notícia é que há uma série de coisas que você, enquanto proprietário, pode fazer para vender o imóvel rápido.

    Valorizar o imóvel e torna-lo mais atrativo faz com que a sua oferta se sobressaia no mercado. Assim, você não apenas aumenta a chance de venda rápida, mas também pode negociar o bem por um preço mais alto. Esse cuidado é fundamental para você não perder dinheiro caso haja uma urgência na venda.

    Para te ajudar a vender o imóvel mais rapidamente, listamos a seguir sete dicas de valorização que não pesam muito no seu orçamento e podem ser os diferenciais da sua oferta em relação à concorrência. Confira quais são e coloque-as em prática já!

    1. Faça os reparos necessários

    Por mais que os novos proprietários estejam dispostos a fazer uma reforma após a compra, a necessidade de reparos imediatos desvaloriza o seu imóvel e afasta potenciais interessados que queiram se mudar logo. Portanto, é ideal investir nos consertos antes de anunciar.

    Faça uma vistoria completa na casa ou no apartamento, incluindo as áreas externas, e liste todos os problemas encontrados: instalações elétricas com defeito, vazamentos e infiltrações, vidros quebrados, portas e janelas emperradas, entre outros eventuais empecilhos. Você vai notar que muitos deles são facilmente corrigidos e já contribuem para uma melhor impressão do imóvel.

    2. Pinte as paredes e as aberturas

    Ao visitar um imóvel, os interessados se imaginam vivendo naquele ambiente. Então, é preciso pensar em como agradar diferentes públicos. Para isso, a dica é pintar paredes e aberturas de cores neutras — especialmente as claras, como branco, gelo e bege, que aumentam a luminosidade natural e dão a sensação de amplitude.

    Além de dar um aspecto de higiene, a pintura renovada é útil para tirar do ambiente os traços de personalidade dos moradores anteriores, como cores marcantes. A verdade é que até detalhes mais sutis podem acabar influenciando a percepção dos compradores.

    3. Preserve os móveis planejados

    Mobiliar o novo lar é um dos fatores que mais compromete o tempo e o investimento de quem está se mudando. Se o seu bem tem móveis embutidos ou planejados em bom estado, considere deixá-los no local, pois esse tipo de mobília dificilmente caberá no novo destino com perfeição e pode ser o grande diferencial para quem está interessado em compra-lo.

    Além disso, a permanência dos móveis maiores também pode valorizar o imóvel, ajudando o potencial comprador a imaginar a decoração do ambiente e a rotina nele. Não esqueça que um fator decisivo para a escolha é o famoso “sentir-se em casa”.

    4. Capriche na iluminação

    Imagine que, caso os potenciais compradores só possam ir até a casa ou o apartamento à noite, como eles vão enxergar os detalhes de cada cômodo com uma iluminação ineficiente? Como vão ter uma ideia do espaço se estiverem no escuro?

    Você não sabe em que momento do dia os interessados vão pedir para fazer uma visita. Portanto, assegure-se de que o imóvel transmita a sensação de aconchego em qualquer horário, com iluminação natural e também artificial. Essa simples medida pode ser decisiva para vender o imóvel rápido.

    5. Reorganize os ambientes

    Você fez alguma transformação na disposição dos cômodos, como adicionar divisórias? Se sim, avalie revertê-la. Afinal, nem sempre as suas necessidades são as mesmas dos outros.

    Além disso, uma simples medida como retirar objetos sem uso já faz diferença para deixar o ambiente mais clean e facilitar a visualização dos espaços. Se você ainda estiver morando no imóvel, uma sugestão é retirar tudo aquilo que for muito específico da sua rotina, como porta-retratos e livros. Dessa forma, você mantém o ambiente organizado e a decoração o mais impessoal possível.

    6. Deixe a documentação em dia

    Você sabia que muitas negociações não vão para frente por problemas na documentação do imóvel ou da pessoa física? Para não perder uma oportunidade, não deixe para se preocupar com as burocracias apenas na hora de assinar o contrato de compra e venda.

    Ao anunciar o imóvel, garanta que as pendências estão regularizadas, como dívidas e processos, e tenha em mãos os documentos atualizados. Os principais são:

    • matrícula do imóvel;
    • negativas de débitos de IPTU e de condomínio;
    • RG e CPF dos proprietários;
    • comprovante de estado civil;
    • certidões negativas de ações cíveis.

    7.  Não esqueça a limpeza

    Ninguém gosta de estar em um ambiente sujo. Então, mesmo que o imóvel esteja desocupado, é essencial prezar pela limpeza e causar uma primeira impressão positiva nos potenciais compradores.

    Agende uma faxina periódica completa, incluindo a higienização de vidros e a manutenção do jardim, se houver. Além disso, não deixe de visitar com frequência o seu imóvel para verificar se há acúmulo de pó, teias de aranha e folhas. Mostrar que você se importa também é uma forma de valorizar o imóvel.

    Feitos os ajustes necessários para vender o imóvel rápido, é hora de anunciar a sua oferta para o maior número de pessoas. Para isso, é necessário se certificar de que o preço do imóvel é adequado e justo, considerando fatores como localização, infraestrutura e idade.

    Por fim, lembre-se de que os anúncios de imóveis vão muito além do preço: eles precisam ser atrativos e informativos. Aproveite que é muito fácil anunciar em portais específicos na internet e use boas palavras-chaves e excelentes fotos. No texto de apresentação, destaque os pontos positivos da casa ou do apartamento e forneça o maior número de informações que você puder. Depois, é só caprichar na divulgação do link: use as redes sociais e amigos influentes a seu favor.

    Gostou de nossas dicas para você vender o imóvel rápido? Se você quer saber mais sobre o assunto, baixe o nosso e-book com o passo a passo detalhado para a venda e conheça as melhores práticas para acelerar a transação.

    banne-vender-imovel

    Quanto esse conteúdo te ajudou?

    Clique em uma estrela para avaliá-lo!

    Classificação média / 5. Contagem de votos:

    Deixe seus dados e logo um corretor entrará em contato

    Deseja receber novidades da Gerencial?

    Deixe seus dados e logo um corretor entrará em contato

    Deseja receber novidades da Gerencial?