• Viajar é uma das coisas mais prazerosas que podemos fazer. Contudo, para que seja perfeita, ter um bom roteiro de viagem é muito importante. Esse é o momento de conhecer melhor o destino, escolher os passeios e planejar. Ao fazer isso, você consegue visualizar as possibilidades do destino, estudar o que é necessário providenciar e os locais que deseja visitar. O roteiro economiza tempo e dinheiro, evitando surpresas desagradáveis durante a viagem.

    É legal que você comece a planejar com alguns meses de antecedência para achar melhores preços e poder definir tudo com calma. Não é nada complicado montar um roteiro de viagem e é até uma tarefa divertida. Afinal, enquanto faz os planos, você começa a sonhar com o destino.

    Neste artigo você vai aprender a elaborar um roteiro de viagem. Confira!

    Determine o orçamento

    O primeiro ponto para programar uma viagem é saber quanto se tem disponível para investir. Isso porque o preço de passagens, hospedagem e alimentação variam muito de acordo com o local escolhido. A sua viagem vai ser toda baseada em quanto você tem para gastar. Portanto, coloque na ponta do lápis se o valor que vai ser usado será referente ao que você recebe nas férias, se vai fazer retirada de algum investimento ou se tem disponível um consórcio de viagens.

    Diante disso, é possível saber se existe a possibilidade de se fazer uma viagem nacional ou internacional. Ainda, se a viagem vai ser feita de carro ou se serão necessárias passagens aéreas. O orçamento também permite estipular a hospedagem, que vai variar bastante de valor de acordo com as comodidades oferecidas. Ir para um resort requer um valor mais elevado, uma pousada ou casas alugadas já podem ser opções mais econômicas.

    Defina o período

    Outro fator que influencia na escolha é a época do ano na qual se deseja viajar. Isso vale para viagens dentro do Brasil ou fora. Você não quer ir para a praia em pleno período de chuvas torrenciais, não é mesmo? Se seu sonho é conhecer a neve, precisa ver quando é o inverno no local escolhido.

    Agora que você já sabe quanto tem para realizar sua viagem, precisa considerar as datas disponíveis. Algumas pessoas têm mais flexibilidade e uma janela que permite avaliar os melhores períodos, inclusive analisando preços de passagem, que podem variar muito de um dia para o outro. Outras, no entanto, têm uma data predefinida e precisam fazer os planos para aquele período. Seja qual for o caso, esse é um dado importante para a definição e montagem do roteiro de viagem.

    Encontre o destino

    Tudo pronto para bater o martelo no local onde você vai desfrutar as suas férias. O que você busca? Arquiteturas históricas? Praias paradisíacas? Vilarejos tranquilos nas montanhas? Seja qual for a escolha, chegou a hora de definir. Daqui em diante, todas as decisões serão tomadas com base nisso.

    Alguns destinos exigem mais tempo para conhecer as principais atrações. Pode ser possível, inclusive, unir diferentes localidades em uma mesma viagem. Tudo depende do tempo que você tem disponível. Agora é hora de pesquisar em sites e blogs especializados em turismo para pegar as dicas dos locais que não podem ficar de fora do seu roteiro de viagem. Anote tudo! Museus, passeios que pretende fazer, restaurantes que quer conhecer e lembrancinhas que pretende comprar.

    Esse momento da pesquisa é o mais gostoso. É quando você começa a visualizar que sua viagem vai se concretizar em breve. Por isso, permita-se explorar bastante a navegação virtual. Descubra o que as pessoas contam, quais os pontos positivos e negativos de cada atração.

    Escolha o meio de transporte

    Existem vários estilos de viagem e, em alguns deles, o ideal pode ser ir de carro. Algumas pessoas escolhem percorrer um caminho fazendo paradas em várias cidades, conhecendo vários locais. Se for o caso, será preciso fazer uma revisão do carro para que não tenha nenhum imprevisto. Além disso, coloque em seu orçamento a previsão de combustível que será necessário para ir, voltar e fazer passeios locais.

    Se você for de avião, comece a olhar com antecedência. A tendência é que as passagens fiquem mais caras quando se aproxima a data de embarque. Além disso, os preços podem variar entre as companhias aéreas. É necessário que você também faça uma previsão da necessidade de alugar um carro no local ou contratar serviço de transporte. Em alguns destinos também é preciso prever o uso de embarcações.

    Providencie a documentação

    Se o destino escolhido for dentro do Brasil, ou nos países do Mercosul, só é necessário o documento de identidade contendo o CPF ou carteira de motorista dentro do prazo de uso. O RG não tem data de validade, mas é recomendado que seja renovado a cada dez anos. Algumas companhias não aceitam documentos antigos, então é melhor se prevenir.

    Se a viagem for internacional será necessário um passaporte. Ele é emitido pela Polícia Federal e tem validade de 10 anos. Em alguns países apenas o passaporte é necessário. Já em destinos como Estados Unidos, Austrália, China, Japão, entre outros é exigido um visto emitido pelas embaixadas, consulados ou autoridade de imigração do país.

    Para evitar a propagação de doenças e epidemias, em vários locais é necessário apresentar o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia. Esse é um comprovante de imunidade contra doenças transmissíveis e deve ser regularizado com antecedência. As crianças precisam da certidão de nascimento original ou carteira de identidade para embarques domésticos ou internacionais. Caso esteja acompanhada por apenas um dos pais, o outro tem que assinar uma autorização.

    Faça as reservas

    Se você está organizando sua viagem sem a ajuda de uma agência de turismo é hora de reservar as hospedagens. Atualmente, muitos sites facilitam a busca filtrando por preço, localização, padrão de hospedagem, se aceita animais de estimação e outras facilidades.

    Então, de olho no roteiro de viagem que já programou, reserve a hospedagem em um ou mais destinos selecionados. Para garantir a segurança da hospedagem, busque em sites a recomendação de outros viajantes. A avaliação de outros hóspedes vai ajudar a definir se o local é adequado. Uma ótima maneira de garantir uma estadia perfeita é conversar com amigos e familiares que já estiveram no destino. Com certeza, eles poderão dar dicas valiosas para deixar o seu roteiro de viagem ainda mais completo.

    Viu como é fácil e gostoso montar um roteiro de viagem? O grande segredo é fazer com antecedência para que tudo fique organizado e para que as chances de algum contratempo sejam menores. Com certeza, suas férias têm alta possibilidade de serem inesquecíveis.

    Agora que você já aprendeu a montar o seu roteiro de viagem, compartilhe este texto nas suas redes sociais para ajudar outras pessoas na organização.

    Quanto esse conteúdo te ajudou?

    Clique em uma estrela para avaliá-lo!

    Classificação média / 5. Contagem de votos:

    Nenhuma avaliação até agora! Seja o primeiro a avaliar este conteúdo.

    Deixe seus dados e logo um corretor entrará em contato

    Deseja receber novidades da Gerencial?

    Deixe seus dados e logo um corretor entrará em contato

    Deseja receber novidades da Gerencial?

    Atendimento por WhatsAppLigue agora: (65) 3615-2525Atendimento por EmailAtendimento Online